A banda

                                  14610874_1008772335901105_4629196022058227772_n

Em 2001, os amigos Cristiano (batera), Marcelo (guitarra) e Bruno (baixo) resolveram montar uma banda. Com essa formação foram feitos os primeiros acordes dos Bolores.

Mas após algumas tentativas não produtivas, o baixista Bruno desanima e decide cair fora. Apenas com guitarra e bateria, Marcelo e Cristiano continuam ensaiando no quarto de Cristiano. Num desses ensaios Rafael aparece para curtir o som, se anima, compra um baixo e é admitido. Com essa formação, surgiram as três primeiras composições do trio, sendo elas: “Esquizofrênico”, “Morrer de tédio” e “Minha namorada quer me matar”.

Com um repertório composto por Ramones, Replicantes e Garotos podres, mesmo sem vocalista, eles realizam as primeiras apresentações, nas quais os amigos cantavam . Numa das apresentações, em 2004, Rândal pede uma música dos Ramones, é intimado a cantar e torna-se o primeiro vocalista dos Bolores.

Mas depois de alguns problemas bandísticos, Rafael e o recém vocalista deixaram o grupo. Cristiano transfere-se para os vocais, Glaucão e Leco entram e assumem as baquetas e o baixo, respectivamente, enquanto Marcelo continua fazendo a mesma coisa. Com essa formação Bolores lança a primeira demo, ” Foda-se Tudo”, em 2005.

Devido a outros problemas bandísticos, Glaucão larga as baquetas e sai da banda, abrindo espaço para André, que não sabia tocar bateria. Leco também resolve sair, dando oportunidade para o retorno de Rafael.

Quando a nova formação começa a se entrosar, novos problemas bandísticos surgem; Marcelo é a nova baixa do grupo e Rândal retorna como guitarrista. Com essa formação foi gravada a segundo Demo ” Essa vida é uma bosta”, em 2006.

Após nove anos de várias apresentações, muita cerveja, alguns ensaios e poucos problemas bandísticos, os Bolores lançam o primeiro CD, ” É uma bosta, mas é de coração”, em Março de 2015.

Depois de algumas apresentações divulgando o novo trabalho, Randal decide sair da banda.

Aí entra em cena Rafael Marques o primeiro interessado a assumira o novo posto de guitarrista da banda. No teste ele tocou as 5 musicas indicadas e várias outras, sendo aprovado já de primeira.

E com essa nova formação os Bolores continuam com a mesma disposição de sempre para continuar fazendo o pior do Punk Rock.

Atualmente:

Cristiano continua cantando e pode ser facilmente encontrados nos bares da Palmeirinha.

Rafael Marques está dando um gás novo para a banda.

André continua sendo o baterista, mas ainda está tentando aprender a tocar.

Rafael continua tocando baixo.

Ex integrantes:

Glauco: não tivemos mais notícias.

Rândal agora da aulas de história (ele sempre foi muito inteligente).

Bruno: virou pescador.

Leco: tornou-se vocalistas dos Monaretas.

Marcelo: é líder de equipe e nas horas vagas é animador de karaokê.